Muitas comunidades em Moçambique encontram-se na interface rural-urbana, por serem pequenas cidades ou conjuntos rurais nas proximidades das cidades. Há uma crescent evidência de que agregados familiares e indivíduos que conseguem estabelecer e manter ligações rural-urbanas são os que experimentam condições de vida melhoradas e mobilidade social ascendente, enquanto aqueles que estão ‘presos’ em aldeias rurais e bairros degradados urbanos enfrentam o empobrecimento. As aparentemente crescentes desigualdades na sociedade Moçambicana apenas podem ser combatidas deixando de referir-se às áreas rurais e urbanas como entidades separadas e vendo-as de preferência como intrincadamente ligadas e parte da mesma formação social.

English version

See full CMI Report:

English version

Portugese version